VEM AÍ O NOVO
AUTO SPORT MAGAZINE !!!



enquanto você aguarda o lançamento confira o que rolou no Mitsubishi Motorsport em Tiradentes:
O ASM foi até a cidade de Tiradentes (MG) para conferir a 2ª Etapa do Mitsubishi Motorsport. No comando de uma L200 sentimos a emoção de disputar o rally em meio a monumentos, casarões antigos e ruas centenárias de um dos mais importantes pólos turísticos do país.

Correndo na categoria Turismo Light, os jornalistas Estevan Paiva (ASM) e Franciele Pereira (LANCE) conquistaram o 7° lugar geral e o 1° lugar na premiação de dupla mista.

A vida tranqüila na pacata Tiradentes foi agitada pelo ronco dos motores Mitsubishi. 226 duplas se embrearam pelas trilhas da região. Do Largo Padre Bernardino, próximo a uma das mais belas igrejas da cidade, a da Santíssima Trindade, os competidores saíram em direção a Santa Cruz de Minas. Seguindo ao município de Coronel Xavier Chaves, foram rumo à fazenda Pombal, onde nasceu o mártir inconfidente Tiradentes.

O trajeto foi elogiado pelas duplas, tanto pela beleza como pelo desafio imposto pela planilha. Ao subir pelo morro do Cruzeiro, os veículos passaram a trafegar em paralelo à rodovia do Aço, muitos correndo lado a lado com uma locomotiva, que se deslocava em velocidade menor. “Foi uma das cenas mais impressionantes que vi numa competição”, comentou João Euclides, de Belo Horizonte.

Após a passagem pelo neutro, as três categorias se separaram. Competidores da Graduados e da Turismo, com pouco mais de cinco horas de prova, ainda enfrentaram trechos com eucaliptos, plantação de milho e soja, em solo cascalhado com médias mais altas de velocidade. Os pilotos da Turismo seguiram para o fim da etapa após quatro horas, mas todos tiveram como companhia a paisagem deslumbrante que só Tiradentes poderia apresentar.

Debaixo de muito sol e um cenário deslumbrante como pano de fundo, a torcida mineira celebrou bastante a vitória da dupla “de casa” na categoria Graduados, motivada ainda mais pelo aniversário do piloto. “Nunca vou esquecer esse dia: tirar o primeiro lugar de presente fazendo aquilo que mais gosto”, disse Carlos Ferreira da Costa, de Juiz de Fora. Seu navegador lembrou das dificuldades enfrentadas no percurso. “O piso estava escorregadio por causa do pedregulho, mas conseguimos superar esses problemas”, disse Édson Costa.

Manifestações efusivas de alegria não faltaram aos vencedores da categoria Turismo. Com uma cambalhota, Sérgio Antônio Muchau subiu ao lugar mais alto do pódio. “Infelizmente não pude observar a beleza da região. O tempo todo estava com o olho na planilha”, disse o competidor. Seu parceiro ao volante comentou que em diversos momentos tiveram de tirar o tempo para zerar os PCs. “Foram ajustes que tivemos de fazer. Mas a trilha estava ótima, muito seca. Valeu a pena percorrer 1.060 quilômetros de Irati (PR) para sentir a emoção dessa conquista”, afirmou Oscar Luiz.

Quem sentiu pela segunda vez o gosto da vitória foi a dupla de Cássio Zschoerper e Rui Ehrl, de São Bento do Sul (SC), na categoria Turismo Light. “Não competíamos há oito anos, por isso a surpresa com o resultado em Ribeirão Preto (SP) e aqui. Antes de tudo é um grande prazer correr em prova tão organizada”, afirmou o piloto.

Além da adrenalina e emoção proporcionada pela prova, a organização manteve a ação social como um dos pilares do rali. O Instituto Educacional Rocha, o Abrigo Tiradentes, a Apae e a Associação Unificada de Recuperação e Apoio ao Hospital do Câncer foram beneficiados com nove toneladas de alimentos arrecadados na inscrição da prova.

Classificação da etapa

Graduados
1 – Carlos Ferreira da Costa e Édson Costa (Juiz de Fora/MG), 113 pontos perdidos.
2 – Welson Vieira e Lucélia Vieira (Campinas/SP), 115 pontos perdidos.
3 – Cláudio Goldemberg e Breno Rezende (Rio de Janeiro/RJ), 127 pontos perdidos
4 – Claudinei Rocha e Pedro Soster (Gravataí/SC), 131 pontos perdidos.
5 – Wilson Amaro e Téo Ferreira (São José do Rio Preto/SP), 132 pontos perdidos.

Turismo
1 – Oscar Luiz Muchau e Sérgio Antônio Muchau (Irati/PR), 257 pontos perdidos.
2 – César Weiand e Cezar Augusto Moehleck (Lajeado/RS), 338 pontos perdidos.
3 – Hugo Oliveira e Mário Júnior (Campinas/SP), 341 pontos perdidos.
4 – Andrés Rojas e Carlos Bretos (São Caetano do Sul/SP), 392 pontos perdidos.
5 – Rodrigo Meinberg e Renato Meinberg (Santana de Parnaíba/SP), 410 pontos perdidos.

Turismo Light
1 – Cássio Zschoerper e Rui Ehrl (São Bento do Sul/SC), 282 pontos perdidos
2 – Evandro Machado e Gílson Azevedo (Petrópoles/RJ), 298 pontos perdidos.
3 – Frederico Veloso e Daniel de Castro (Goiânia/GO), 301 pontos perdidos.
4 – César de Lafuente e Alzimar Freitas (Petrópolis/RJ), 336 pontos perdidos.
5 – Luiz Renato Rezende e Luis Felipe Carvalho (Pouso Alegre/MG), 339 pontos perdidos.



contato@autosport.com.br
:: FOTOS::

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

CLIQUE PARA AMPLIAR

MAIS INFORMAÇÕES:
www.mitsubishimotors.com.br
:: VÍDEOS::

Confira o vídeo da nossa participação na etapa mineira do Mitsubishi Motorsport Sudeste.

ESCOLHA O FORMATO:

- DIVX (22 Mbytes)
- WMV (28 Mbytes)
- MPG (46 Mbytes)




:: PUBLICIDADE::


louis vuitton outlet jordan 6 louis vuitton outlet cheap jordans foamposites black suede louis vuitton outlet coach outlet online jordan 11 Legend Blue jordan 11 legend blue jordan retro 6 louis vuitton outlet jordan 11 legend blue retro jordans lebron 11 legend blue 11s cheap jordan shoes cheap jordan shoes jordan 6 sport blue legend blue 11s jordan 11 legend blue jordan 6 sport blue black infrared 6s retro jordans legend blue 11s louis vuitton outlet coach outlet online sport blue 6s jordan 6 sport blue coach outlet online jordan 11 legend blue louis vuitton outlet cheap louis vuitton lebron 12 louis vuitton outlet louis vuitton outlet louis vuitton outlet louis vuitton outlet jordan 11 legend blue louis vuitton outlet jordan 11